7 lições que aprendi com Rocketman


Segunda-feira, noite fria, eu era a única pessoa no cinema. Um dos programas que eu mais gosto de fazer é, de vez em quando, ir ao cinema sozinho. A imersão no #filme é maior e a imersão nos meus pensamentos vai na mesma linha. É incrível.O filme da vez foi o #Rocketman, baseado na vida e história do #EltonJohn. Cara... que filme maravilhoso! Além da #história ser impecavelmente bem contada, tem a brilhante interpretação do talentosíssimo Taron Egerton, que canta todas as músicas do filme. Só essa parte já vale o filme.Dessa sessão particular, de um dos filmes que mais me tocou, eu saí com 7 lições que vale muito a pena dividir. Vamos lá:

1- Você tem de dominar a sua técnica - não importa o que você virá a fazer, é necessário dominar a sua técnica pra poder desconstruir tudo e montar algo novo, algo único.

Quando criança Elton John estudou música clássica e mandava muito bem no piano. Por ter essa técnica dominada, quando ele ganhou um disco do Elvis, e conheceu outros grandes músicos populares da época, ele conseguiu usar a técnica adquirida na música clássica pra criar algo novo que tivesse o estilo dele impresso.

2- Preste atenção nos elogios que você recebe - quem nos vê consegue enxergar algumas coisas que muitas vezes nós não percebemos, ainda mais por causa de nossa grande auto-cobrança.

Ainda que de maneira bagunçada a mãe e a avó do Elton John, que na ocasião ainda se chamava Reggie Dwight, perceberam e disseram que ele tinha talento com a música. Futuramente seu amigo e compositor Bernie Taupin também disse isso a ele, por algumas vezes durante sua vida. Dar atenção a isso ajudou ele a se identificar bom como os outros viam, não deve ser a única base, porém as percepções externas têm a sua importância.

3- Tudo bem você duvidar de você, mas só um pouco - até o Elton John duvidava do seu próprio talento.

É incrível, e acalentador, perceber que até mesmo um cara tão talentoso e bem sucedido se via muitas vezes duvidando de si mesmo. Não só no início de carreira, mas até mesmo quando estava no seu auge. Ou seja, mais do que tudo bem você duvidar de você, o negócio é subir no palco mesmo com esse medo e essa dúvida.

4- Vc precisa matar o seu antigo "eu", pra assumir o "eu" que você quer ser e é de verdade.

"As pessoas não pagam para ver Reggie Dwight, elas pagam pra ver Elton John" - Essa é uma das frases mais impactantes do filme pra mim. O grande lance é que não há Elton sem Reggie. Mais do que matar o seu eu, temos de perceber nossa evolução e aceitar que apesar de sermos os mesmos, somos muuuito diferentes em vários pontos. E tudo bem.

5- Entenda quem você é, se aceite e ouse ser você mesmo - não importa quem você seja, só você pode ocupar o seu lugar.

Olha... falar isso, pra mim, é muito, mas muito mais fácil, do que de fato me entender, me aceitar e ser eu mesmo. São tantas influências e cobranças (reais e inventadas por mim mesmo) que é um processo muito difícil, desafiador e doloroso conseguir ser eu mesmo. Ponto positivo, tenho dados alguns passos nessa direção e, olha... o rolê tá valendo muito a pena. Quando o Elton (já fiquei brother a ponto de não falar o nome completo) consegue se aceitar e ser ele mesmo, ele brilha mais que nunca, tanto pela personalidade que ele aplica nos seus figurinos quanto na sua atitude e música. Quando você se aceita como você é e quem você decidiu ser, foda-se quem não te aceita.

6- Abrace e acolha a sua criança interior, a que você foi e a que você ainda é

Você pode não ter recebido o amor e acolhimento que você precisava ou queria quando criança, porém agora você pode se dar o amor que você quer e se acolher da maneira que você gostaria de ser acolhido.No filme vemos um Reggie/Elton que não é acolhido, sequer abraçado pelo pai, e o desenrolar disso é lindamente apresentado por uma direção e atuações que mexeram comigo fortemente. Acho essa é outra parte que já vale o filme.

7- Use óculos diferentões

Se é pra ter algo na sua cara, que isso seja algo que te represente, que se comunique com o mundo. Aqui eu menciono os óculos como referência a um dos principais símbolos do Elton John, é até difícil imaginar ele sem óculos. Mas o ponto aqui é deixar seu exterior comunicar um pouco do seu interior, isso pode ajudar a te entenderem. Podem achar estranho também, mas isso já não é problema seu. Bota o óculos e a cara no sol! =)

ATENDIMENTO

Horário de Funcionamento

De segunda a sexta

Das 10h às 18h

E-mail

rodrigo@rdgo.com.br

Endereço

Av. Pe. Antônio José dos Santos

Brooklin Paulista, São Paulo

Redes Sociais

  • Para chamar no whatsapp
  • Instagram @rodrigorodriggs
  • Canal RDGO no YouTube
  • Perfil LinkedIn - Rodrigo Rodrigues
  • Twitter Rodrigo Rodrigues

@rodrigorodriggs making photo and video with some love since 2013

FALE COMIGO

902-367-0529